sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Hospital das Clínicas de São Paulo lança programa para ajudar pessoas a montar um prato saudável...



O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP), junto ao Instituto do Coração (Incor), lançou nesta quarta-feira um programa para incentivar os brasileiros a fazer escolhas mais saudáveis na hora das refeições. O Meu prato saudável, como foi chamada a iniciativa, é um guia alimentar que fornece informações como sobre qual deve ser a quantidade de cada tipo de alimento no prato e quais são as melhores opções de ingredientes em cada refeição do dia.
A campanha reforça que, nas principais refeições do dia, metade do prato deve ser composta por vegetais, folhas e legumes; um quarto, de carboidratos; e um quarto seja dividido entre proteína animal e vegetal. E para beber, preferencialmente água ou suco de fruta fresca. Para auxiliar as pessoas a montarem um prato seguindo essas recomendações e da forma mais saudável possível, há informação tanto no site da campanha quanto nos aplicativos para celulares e páginas nas redes sociais. Nessas páginas, os alimentos que compõem a pirâmide alimentar e o espaço que devem ocupar no prato são mostrados de forma visual com fotos dos mais diversos alimentos que são comuns à culinária brasileira. 
Junto com o programa, também foi lançado o Meu Pratinho Saudável, destinado às crianças menores de que 12 anos e que deve ser adaptado pelas escolas da Secretaria Estadual da Educação.
O Meu Prato Saudável lembra o programa americano My Plate, lançado em 2011 pelo governo dos Estados Unidos. Porém, ao contrário do programa brasileiro, que faz uso de fotos de alimentos comuns da culinária do país nos gráficos, o programa se baseia em cores que representam cada classe de alimentos. O My Plate, porém, não é o único guia alimentar norte-americano — há um ano, a Universidade de Harvard lançou um guia visual com a finalidade de substituir a tradicional pirâmide alimentar.